“A lua é o imenso relicário do céu, onde Deus todas as noites delicadamente nina a luz do dia.” (Lu Tostes)

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Em_canto


     Quando a sereia 
     se enfeita
     com as conchas do mar,
     pescador não lança sua rede,
     recolhe a embarcação.


     Bem sabe ele
     que sob o céu mais azul,
     trava sua luta desigual
     entre água serena
     e revolto coração.
 

     Lu Tostes






Imagem: www.weheartit.com

Um comentário: