“A lua é o imenso relicário do céu, onde Deus todas as noites delicadamente nina a luz do dia.” (Lu Tostes)

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Eu comigo



De olhos abertos
não me enxergo,
enfim.


Preciso proteger-me 
dessa luz que cega 
em fim.


Pois, quando os fecho,
sou o glorioso templo
de movimentos amplos
dentro de mim.


Lu Tostes







Imagem: www. weheartit.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário